Werewolf W20

Sessão 17 03/10/2014 Guilherme (mestre)/Aristides/Bruno/Eduardo

Kevin, Peter e Ryan retornaram à seita após os eventos que levaram à transformação dos braços de Kevin em tentáculos pelo balefire lançado pelo inimigo Cold Crow. Lá chegando, os anciãos demonstraram grande preocupação com aquela recém adquirida deformidade, mas não sabiam ao certo o que fazer. Shakey Mac foi à Umbra em busca de respostas junto a espíritos poderosos.

Peter notou Ears-Like-Eyes preocupado e foi conversar com ele. O ancião falava em tom de despedida, dizendo que naquela noite, durante a assembléia, deveria fazer uma escolha difícil: entre sua seita e sua tribo. Peter o acompanhou por uma caminhada pela Umbra e Ears-Like-Eyes revelou-lhe um antigo fetiche dos Get of Fenris, um Ironhammer, que escondia na Umbra. Ele, ainda, urgiu Peter para que estivesse preparado para que, caso ele próprio viesse a faltar, o mais jovem assumisse as funções dele junto à seita.

Pouco antes da assembléia, uma ponte de lua foi aberta e os emissários dos Get of Fenris chegaram. Eram cerca de 10 Garou liderados por um guerreiro mais velho, em torno dos 50 anos, trajado em roupas de batalha e com várias cicatrizes visíveis em seu corpo. Aquele era Conn Haunting Snow, um lendário Ahroun dos Fenris, que havia lutado no Golfo contra as forças da Wyrm e dizimado um sem número de Formori e Black Spiral Dancers. Como prêmio por sua atuação naquela época, Conn foi premiado com a liderança da Sept of the Sentinel, um importante caern nas montanhas Adirondack, que protegia o norte do estado de Nova York contra o avanço das forças da Wyrm, muito fortes ao sul dali. Os emissários foram recebidos pelo conselho de anciãos e, embora houvesse cordialidade, o clima era nitidamente hostil.

Enfim era chegada a hora da assembléia. No momento oportuno, Albrecht deu espaço aos Fenris para que pleiteassem o que desejavam. Conn tomou a palavra e exigiu que Walter Foss lhe fosse entregue para que fosse submetido à justiça dos Get of Fenris, tribo da qual era kinfolk. Albrecht se opôs, reiterando sua opinião inicial, mas Conn exigiu que o problema fosse resolvido com um combate. Albrecht sabia que se isso acontecesse, pouco haveria para ser feito, visto que esta era a Litania. Ears-Like-Eyes tomou a palavra, como truthcatcher, e disse que Conn estava certo em exigir o desafio, pois esta era a lei entre os Garou. Ears-Like-Eyes se ofereceu como campeão da seita, o que Conn tomou como uma ofensa, pois se tratava de um velho cego. Irredutível, Ears-Like-Eyes disse-lhe que era tão Get of Fenris quanto ele e que era capaz de lutar como qualquer outro da tribo. Não havia alternativa, o caminho era a luta! Esta, no entanto, durou pouco. Conn era um guerreiro reconhecido e matou o ancião em poucos golpes, finalizando-o com usa própria arma, o Ironhammer. Uma vez encerrada a luta, Albrecht declarou Conn o vencedor do desafio e, contrariado, aceitou entregar Foss à justiça dos Fenris. Peter ficou encarregado de levar os Fenris até a casa de Foss após o término da assembléia.

Após o revel, enquanto descansava, Ryan notou que sua arma novamente esquentou. Circulou por toda a imediação do caern em companhia de Kevin, mas nada encontrou. Eram as pessoas conhecidas e ninguém ou nada suspeito ali havia. Aquele fato ficou sem uma causa conhecida.

Após a assembléia, Shakey Mac retornou com notícias ruins para Kevin. Conversara com vários espíritos, inclusive alguns incarna, mas não sabia o que podia ser feito a respeito de suas mudanças. Tentou utilizar seus dons de cura, mas eles não surtiram efeito. Desesperado, Kevin procurou a ajuda de Simon Gentle. Este lhe disse que pensaria em algo para lhe ajudar e que lhe apoiaria incondicionalmente a despeito do que conseguisse fazer. Kevin, por fim, utilizou seu fetiche para contatar o Admin no ambiente virtual. Ele disse que o problema exigiria soluções radicais e que ele deveria procurar um Glass Walker que há muito vivia no Cyber Realm e atendia pelo nome de Rick Deckard. Ele seria a pessoa mais indicada para resolver o problema de Kevin.

Kevin, Peter e Ryan migraram para a Umbra e, procurando por espíritos da Weaver que pudessem guiá-los, encontraram elementais de metal. Kevin conversou com eles e os espíritos aceitaram ajudá-los se eles cuidassem de alguns elementais da Wyrm que assolavam o local onde viviam. Caminharam rapidamente por pontes da lua até chegarem ao Cyber Realm. Kevin alinhou-se com o reino da Weaver e rapidamente localizou o tal Deckard na matriz daquela realidade. Encontraram-no no que parecia ser uma caverna de paredes de pedaços de metal em um grande ferro velho. Deckard parecia viver em uma grande serralheria/oficina, onde trabalhava em diversos aparelhos mecânicos e eletrônicos o dia todo. Vendo Kevin, disse-lhe que o problema exigiria uma solução muito ortodoxa e que aquilo lhe custaria muito junto a sua tribo e sua seita. Kevin, decidido, aceitou o que quer que ele propusesse. Deitou-se em uma espécie de maca, colocou um capacete que cessou toda a sensibilidade em seu corpo do pescoço para baixo e assistiu a Deckard amputar-lhe os dois braços na altura dos ombros. Duas próteses metálicas foram colocadas em seus lugares e Kevin agora apresentava componentes biomecânicos em seu corpo.

Retornaram à Umbra através do caminho feito pelo espírito que os guiara e chegaram ao local onde o encotraram. Lá estavam vários elementais da Wyrm, contra os quais travaram um árduo combate que terminou com a vitória de vocês.

Comments

Guilherme Guilherme

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.